5G – A Revolução

As inovações tecnológicas não param, a cada dia surge algo novo, ou algo que já existia é melhorado e a internet ajuda com que tudo gire em uma velocidade muito rápida, que é difícil até de acompanhar. Em algumas regiões do Brasil ainda não conseguimos ter acesso ao 3G, e estamos bem próximos da revolução do 5G, muitos dizem que o 5G será disruptivo e que irá mudar complemente a rotina e o mundo que estamos acostumados. Mas afinal o que é o 5G? Você vai entender agora!

Onde tudo isso começou? O 1G foi referente ao sinal de telefone analógico, popularizado na década de 1980, foi pouco utilizado para tráfego de dados, apesar de permitir velocidades semelhantes as conexões discadas. Em 1990 começou a ser implantado o sinal digital 2G, utiliza o GSM (Global System for Mobile Communications). É o principal recurso de conversação, disponibiliza as operadoras todas as ferramentas necessárias, para utilização de internet móvel já está bem ultrapassado.

Já foram implantados GPRS (General Packet Radio Service, 2,5G com velocidade de até 114kbps) e EDGE (Enhanced Date rates for GSM Evolution, 2,75G com velocidade de 400kbps) para o tráfego de dados, que foram tecnologias utilizadas na transição para o 3G.

O 3G ganhou outras duas siglas HSPA (High Speed Packet Access) e o 3,5G que é referente as siglas HSPA+. As diferenças são referentes as diferentes velocidades que cada uma delas podem oferecer de 14,4Mb/s a até 21Mb/s. As velocidades variam de acordo com a localização e cobertura oferecida por cada operadora.

A seguir veio a rede 4G que começou a ser discutida em 2008 e ficou conhecida como LTE (Long Term Evolution) que prometia velocidades 10 vezes mais rápidas do que o 3G. Com o desligamento da TV Analógica na faixa de 700MHz, e com a Copa do Mundo de 2014, a rede 4G ganhou força e foi implantada e todo o pais. Com velocidade de banda 100Mb/s para usuários móveis podendo ter picos de até 300Mb/s. A rede 4G pode oferecer os seguintes serviços baseados em banda móvel, como Multimedia Messaging Service (MMS), vídeo chat, mobile TV, conteúdo HDTV, Digital Video Broadcast (DVB), serviços básicos como voz e dados.

Até aqui entendemos as utilidades e a evolução das redes de internet móvel, e como será com o 5G?

A rede 5G promete oferecer velocidades de 50 vezes maior do que o 4G. Testes iniciais de alguns equipamentos chegaram a velocidades de 1Gb/s.

E o que o 5G vai possibilitar:

Uma organização internacional formada por 1200 operadoras de rádio, telefonia e internet móvel, (GSMA), estabeleceu alguns critérios para guiar o processo de implantação da rede 5G, tais como: consumo de 90% menos energia do que a rede 4G, tempos de conexão inferiores a 5ms (milissegundos), importante lembrar que a latência do 4G é de 30ms.

Com estas características as redes 5G poderão ter uma redução de consumo de energia e serem mais ecológicas, ajudara o desenvolvimento das chamadas “Cidades Inteligentes”, possibilitará a comunicação entre veículos autônomos e desenvolvimento de sistemas de segurança para automóveis, casas, condomínios, realização de cirurgias remotas através de robôs, fichas médicas, frequência cardíaca e pressão arterial em milésimos de segundos. Ajudara ainda mais no desenvolvimento do IOT (Internet das coisas), já que as pessoas estarão cada vez mais conectadas, e com maiores velocidades, maiores taxas de dados transmitidos e respostas cada vez mais rápidas, guichês de autoatendimento, compras a distância. Já imaginou você não precisa verificar se um produto está acabando para você comprar, seu próprio eletrodoméstico poderá fazer isso por você. Só precisa checar a fatura depois, não pode esquecer!

O 5G promete trazer as condições para mudar drasticamente o mundo que conhecemos, educação, segurança, saúde, comércio, agricultura, tecnologia, inteligência artificial, esta nova rede irá impactar todos os seguimentos, estamos próximos de alcançarmos o que há alguns anos atrás pensávamos que seria visto apenas em filmes futuristas, carros que andam sozinhos, inteligência artificial e muito mais.

O 5G está previsto para começar a ser implantado em 2020, e levará em torno de 5 a 10 anos para que seja completamente implantado no Brasil.

Ainda existe uma grande discussão entre o 5G e a interferência na Banda C de recepção de TV por satélite, e você quer saber tudo que está acontecendo? Não deixe de acompanhar nosso próximo post no blog.

18 visualizações
Comtech
UHP Networks
Telefônica/Vivo
Sonda
Embraer
NEC
Polishop
TV Cultura
Canção Nova
Fundação João Paulo II
Rede Vida
eptv
Rede Vanguarda
TV Bahia
TV Clube
Band Vale
SDB Multimidia
Play TV
Fundação Espírita André Luiz
TV Mundo Maior
TV Difusora
TV Diversa
Visiona
Funcate
INPE
Cemaden
Cpqd
Kroton
Rohde&Schwarz
H.Control Telecom
Globalstar
Century
Casablanca
Cromamix
Pro Eletronic
Satron
Tele system
Cabletech
Classic
cobham
Fluxo Soluções Integradas
Kathrein
Nalla Brasil
Advansat
Up2Tech
Sinuta
gvt
Motortech
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram ícone social
  • WhatsApp
Telefone: (12) 3224-1046/3224-1096 E-mail: whcengenharia@whcengenharia.com
WHC Engenharia Serviços e Comércios Ltda ME - CNPJ: 21.098.667/0001-49 - Rua Santo Antônio, 69 Sala 4, Caçapava - SP CEP: 12.287-060
Termos de Condição e Uso         -         Política de Privacidade         -         Política de Devolução e Troca         -         FAQ