O Que é um Encoder ?

Neste mês traremos uma série especial de posts explicando como funciona um Uplink de satélite. Vamos inicialmente começar explicando para que servem cada equipamento e suas funções. Neste primeiro post vamos começar com o primeiro equipamento da cadeia de transmissão o Encoder.

O Encoder é um codificador, ele será o responsável pela codificação do sinal a ser transmitido. A entrada do encoder pode ser uma entrada de sinal de Áudio e Vídeo, uma entra de sinal SDI onde áudio e vídeo podem já estar combinados, pode ser uma entrada de um sinal ASI, ou nos casos mais modernos o encoder pode ter uma entrada de sinal IP.

O encoder também vai definir qual o tipo de vídeo será transmitido, sendo eles SD, HD, ou 4K.

Cada canal a ser transmitido precisa de um encoder, temos portadoras por exemplo que sobem 3 canais na mesma portadora, todos os outros equipamentos podem ser o mesmo (modulador, up converter, hpa, porém para cada canal deve ter um encoder)

Agora que já temos nosso sinal de entrada (Áudio e Vídeo a serem transmitidos) será feita a codificação do sinal, onde poderão ser inseridas as características de qualidade e codificação do sinal.

Nas configurações do encoder serão feitas as codificações de áudio e vídeo, como qualidade, formato de áudio, formato de vídeo, largura de banda de vídeo, cores, taxas de vídeo, frames por segundo, taxa de bits. No encoder você pode inserir os dados de nome do canal que serão identificados pelo Receptor, informações adicionais do canal, inclusive no encoder é possível selecionar delay (um atraso no áudio ou vídeo) e também uma característica que pode ser selecionada no encoder, é quando não há nenhum sinal de entrada nele, ele gera aquela barra de cores e tom de áudio, que víamos antigamente quando não havia programação.

Resumidamente, o encoder recebe o sinal de áudio e vídeo que será transmitido, codifica este sinal nos padrões que configuramos com todas as características que desejamos, e torna estes sinais em um pacote. Agora este pacote está pronto para o próximo nível, normalmente utilizando uma saída ASI que irá para o modulador, que é o equipamento a ser explicado no próximo post.

21 visualizações0 comentário