O Que é um Modulador

Hoje vamos trazer o segundo equipamento da nossa cadeia de Uplink, o modulador. O modulador é o primeiro equipamento a gerar o sinal de RF. O Encoder recebe os sinais de áudio e vídeo, faz a criptografia e junta isso tudo em um pacote, normalmente um sinal ASI. O modulador recebe este sinal ASI, e entrega na saída um sinal de RF modulado que pode ser em 70 MHz ou na banda L (950 – 1750 MHz). Vamos ver como acontece este processo.

A maioria dos moduladores recebe os sinais através de um sinal ASI (Asynchronous Serial Interface) que é um método para transportar um MPEG-Transport Stream. Os bits de dados MPEG são codificados usando uma técnica 8B/10B, que significa 8 bits mapeados para códigos de caracteres de 10 bits. Existem dois tamanhos dos pacotes de transmissão de dados através da interface ASI 188 bytes ou 204 bytes. Ou seja, o sinal ASI é o resultado da compactação de vídeo e áudio para entrega distante, distribuição interna ou transmissão como televisão (digital, satélite ou cabo). Na maioria das vezes carrega dados MPEG2 (H.262 video com MPEG-1 Layer II áudio) ou MPEG4 (H.264 video com MPEG4 de áudio).

Este pacote de dados será transmitido junto com o sinal de RF que será gerado pelo modulador e como é gerado este sinal?

Um modulador pode gerar alguns sinais, o que vamos explicar aqui hoje é o CW (Pure Carrier) e o sinal modulado (Portadora)

O CW também conhecido como Pure Carrier ou Portadora Pura, é um único sinal gerado em uma frequência específica, ele é utilizado apenas em testes, ou quando você vai subir um sinal no satélite, normalmente é solicitado que inicialmente seja transmitido um sinal CW para fazer os ajustes de apontamento e polarização da sua antena para que os canais adjacentes não sejam afetados neste processo.

Já o sinal modulado que gera a portadora, ele é gerado através de um circuito oscilador que gera a portadora de RF, e mais um circuito combinador/misturador para que esta saia na frequência desejada, e possui estágios de amplificação o que nos dão a possibilidade de variar o nível de saída do modulador. Todo modulador utiliza a base de sinal em 70MHz (IF), o que possuem saída em Banda L possuem internamente um Up converter de 70 MHz para Banda L.

No modulador também são definidas características importantes de nosso sinal, algumas delas são:

- O padrão de transmissão utilizado, DVB-S (Digital Video Broadcasting), DVB-S2, e DVB-S2X

- A modulação a ser utilizada QPSK, 8PSK, 16APSK, entre outras

- Symbol Rate que é a taxa de símbolos e define qual será a tamanho da largura de banda

- FEC (Foward Error Corretion) que é a correção direta de erros ou a codificação de canais, é utilizado para controlar erros na transmissão de dados, os mais utilizados são: 2/3, 3/4.

Estas informações determinarão os dados e características do nosso sinal.

O sinal da saída do modulador pode ir direto para o HPA, ou passar por up converter antes. O Upconveter será o próximo equipamento da nossa cadeia de Uplink.

16 visualizações
Comtech
UHP Networks
Telefônica/Vivo
Sonda
Embraer
NEC
Polishop
TV Cultura
Canção Nova
Fundação João Paulo II
Rede Vida
eptv
Rede Vanguarda
TV Bahia
TV Clube
Band Vale
SDB Multimidia
Play TV
Fundação Espírita André Luiz
TV Mundo Maior
TV Difusora
TV Diversa
Visiona
Funcate
INPE
Cemaden
Cpqd
Kroton
Rohde&Schwarz
H.Control Telecom
Globalstar
Century
Casablanca
Cromamix
Pro Eletronic
Satron
Tele system
Cabletech
Classic
cobham
Fluxo Soluções Integradas
Kathrein
Nalla Brasil
Advansat
Up2Tech
Sinuta
gvt
Motortech
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram ícone social
  • WhatsApp
Telefone: (12) 3224-1046/3224-1096 E-mail: whcengenharia@whcengenharia.com