O Que é um Modulador

Hoje vamos trazer o segundo equipamento da nossa cadeia de Uplink, o modulador. O modulador é o primeiro equipamento a gerar o sinal de RF. O Encoder recebe os sinais de áudio e vídeo, faz a criptografia e junta isso tudo em um pacote, normalmente um sinal ASI. O modulador recebe este sinal ASI, e entrega na saída um sinal de RF modulado que pode ser em 70 MHz ou na banda L (950 – 1750 MHz). Vamos ver como acontece este processo.

A maioria dos moduladores recebe os sinais através de um sinal ASI (Asynchronous Serial Interface) que é um método para transportar um MPEG-Transport Stream. Os bits de dados MPEG são codificados usando uma técnica 8B/10B, que significa 8 bits mapeados para códigos de caracteres de 10 bits. Existem dois tamanhos dos pacotes de transmissão de dados através da interface ASI 188 bytes ou 204 bytes. Ou seja, o sinal ASI é o resultado da compactação de vídeo e áudio para entrega distante, distribuição interna ou transmissão como televisão (digital, satélite ou cabo). Na maioria das vezes carrega dados MPEG2 (H.262 video com MPEG-1 Layer II áudio) ou MPEG4 (H.264 video com MPEG4 de áudio).

Este pacote de dados será transmitido junto com o sinal de RF que será gerado pelo modulador e como é gerado este sinal?

Um modulador pode gerar alguns sinais, o que vamos explicar aqui hoje é o CW (Pure Carrier) e o sinal modulado (Portadora)

O CW também conhecido como Pure Carrier ou Portadora Pura, é um único sinal gerado em uma frequência específica, ele é utilizado apenas em testes, ou quando você vai subir um sinal no satélite, normalmente é solicitado que inicialmente seja transmitido um sinal CW para fazer os ajustes de apontamento e polarização da sua antena para que os canais adjacentes não sejam afetados neste processo.

Já o sinal modulado que gera a portadora, ele é gerado através de um circuito oscilador que gera a portadora de RF, e mais um circuito combinador/misturador para que esta saia na frequência desejada, e possui estágios de amplificação o que nos dão a possibilidade de variar o nível de saída do modulador. Todo modulador utiliza a base de sinal em 70MHz (IF), o que possuem saída em Banda L possuem internamente um Up converter de 70 MHz para Banda L.

No modulador também são definidas características importantes de nosso sinal, algumas delas são:

- O padrão de transmissão utilizado, DVB-S (Digital Video Broadcasting), DVB-S2, e DVB-S2X

- A modulação a ser utilizada QPSK, 8PSK, 16APSK, entre outras

- Symbol Rate que é a taxa de símbolos e define qual será a tamanho da largura de banda

- FEC (Foward Error Corretion) que é a correção direta de erros ou a codificação de canais, é utilizado para controlar erros na transmissão de dados, os mais utilizados são: 2/3, 3/4.

Estas informações determinarão os dados e características do nosso sinal.

O sinal da saída do modulador pode ir direto para o HPA, ou passar por up converter antes. O Upconveter será o próximo equipamento da nossa cadeia de Uplink.

113 visualizações0 comentário